O Sonho de Agatha

09:59Drika Rili






Agatha e eu dividimos a mesma sala de aula. Ela era a que mais chamava a atenção da turma, pois estava sempre deprimida e triste com alguma coisa. Quando um evento terrível acontecia recentemente e todo mundo debatia isso em sala, eu notava que ela ficava mais triste. Mortes brutais, torturas, estupros... Com pessoas de várias idades, pessoas incapazes (grávidas, deficientes) e animais indefesos, sem falar nas pessoas que se divertem com esse tipo de coisa. Eu notei que cada vez que ela escutava uma notícia a respeito disso, ela se sentia mais infeliz que o normal. E pelo pouco que me contou, a relação de seus pais também não estava muito boa em casa. Brigas, xingamentos, agressões, enfim...


Um dia, fui falar com ela. Notei que ela estava desenhando uma paisagem em seu caderno que ela me respondeu ser de um sonho que teve por vários dias seguidos. Pelo desenho (que inclusive era muito bem feito), era um lugar colorido com flores e doces gigantes em meio a um parque de diversões. Agatha acrescentou que, naquela última noite, havia uma garota muito parecida com ela nesse sonho, um clone perfeito, mas que estava alegre e feliz sempre.
“Eu queria estar neste mundo”, disse-me Agatha. “Estar em um lugar mágico sem dor e ruindade. Já pensou se isso fosse possível?”
Eu não sei o que diabos aconteceu. Talvez seja coisa da minha cabeça, mas só o que sei é que Agatha mudou bastante no dia seguinte. Ela está contente com a vida que leva. Parece alguém que nunca cheirou o perfume de uma flor ou que nunca sentiu o gosto de um doce... E ela não me reconhece mais.


Enviado por: Duda Kamikaze

Você também pode gostar de

0 comentarios

Popular Posts

Formulário de contato